mural de

notícias

  • home
  • notícias
  • Centro técnico e concessionária da Audi do Brasil serão abastecidos 100% com energia fotovoltaica


15


ABR


Centro técnico e concessionária da Audi do Brasil serão abastecidos 100% com energia fotovoltaica

Eletricidade gerada representa 31% da demanda das áreas administrativas da organização no País e deverá auxiliar a multinacional a reduzir suas emissões de gases de efeito estufa em até 17,3 toneladas por ano

Por Andrea Vialli

Localizado em São Paulo, o centro técnico da Audi do Brasil, que abriga as atividades de engenharia, treinamento, atendimento técnico para a América Latina e gestão de frotas, terá 100% de sua energia fornecida por meio de 264 módulos fotovoltaicos, com capacidade para gerar 127 mil kWh/ano. 

Destes, 80 geradores foram instalados na cobertura do próprio centro técnico e os 184 painéis solares restantes estão em um terreno na cidade de Cajamar (SP). A energia produzida por todo o sistema representa 31% da demanda das áreas administrativas da Audi do Brasil, e deverá auxiliar a multinacional a reduzir suas emissões de gases de efeito estufa em até 17,3 toneladas por ano. 

A marca firmou o compromisso global de se tornar neutra em emissões de carbono até 2050 e, de acordo com Johannes Roscheck, presidente da Audi do Brasil, uma das estratégias é por meio do suprimento de energia fotovoltaica e da aposta em veículos elétricos. “As ações de sustentabilidade precisam abranger não apenas os produtos, como o totalmente elétrico Audi e-tron, que será lançado em abril, mas também toda a cadeia, desde a produção, áreas administradas e até o pós-venda”, afirma. 

A energia fotovoltaica produzida pelos painéis solares tornará o centro técnico autossuficiente para abastecer carros elétricos à noite e também gerar créditos de energia durante o dia, nos finais de semana e períodos de menor demanda energética. 

O projeto tem como parceiros a Enel Distribuição, responsável pela adequação da entrada e saída de energia do centro técnico, e a Saren, empresa que fornece soluções em energia renovável e foi responsável pela execução do projeto e instalação dos módulos fotovoltaicos tanto no centro técnico como em Cajamar. De acordo com Maurício Milani, diretor da Saren, a opção pela energia solar trará ainda uma redução entre 10% a 15% nos custos com energia elétrica no centro técnico.

A aposta da Audi na energia solar também se estende a algumas concessionárias. Desde meados de janeiro, a concessionária Audi Center, em Santos (SP) também está utilizando a fonte de energia para abastecer sua operação. O modelo adotado foi a compra de 10 mil kWh/mês da startup SunMobi, que atua em geração compartilhada: a energia fotovoltaica é produzida em uma usina solar localizada em Porto Feliz, no interior de São Paulo, e é entregue por meio da rede de distribuição. A SunMobi também monitora o consumo de energia da concessionária em tempo real e sugere medidas de eficiência energética como, por exemplo, o desligamento do ar condicionado ao anoitecer. 

A empresa funciona em um sistema de assinatura mensal e hoje entrega energia fotovoltaica para condomínios residenciais, padarias, restaurantes e pequenos comércios. Com capacidade para gerar 165 mil kWh/mês e raio de atuação em 27 municípios do interior e litoral paulista, a startup refez seu plano de expansão em razão da expansão da Covid-19, que era multiplicar em 20x sua capacidade de entrega. “O objetivo agora é saltar dos atuais 1,4 MW para 10,4 MW este ano de 2020”, diz Alexandre Bueno, sócio fundador da SunMobi. A empresa está abrindo negociações com os clientes que estão em dificuldades financeiras para que a crise não afete seus negócios.





NOTÍCIAS


RECENTES





Fale com quem entende do assunto!


Todos os direitos reservados à Solar Caxias.